Seja bem-vindo

“O que difere o homem dos outros animais é que ele conceitua suas atividades, racionaliza o que deseja extrair do meio ou da natureza. É um ser histórico. Sua subjetividade – o modo particular de enxergar e vibrar aos apelos dos fatores exteriores – é um processo em construção. O aprendizado é coletivo; aprendemos a falar, criamos uma linguagem, desenvolvemos conceitos a partir da partilha de experiências. Um homem isolado de suas potencialidades de aprendizado, da instrumentalização de sua percepção ou conhecimento, de sua condição social, histórica, tende a engatinhar por sobre veredas naturalistas, dependente de estímulos/respostas primários, reflexos de uma relação pontual de desejo e cumprimento de necessidades apenas. É o homem satisfeito com o seu meio e o que ele tem a oferecer-lhe. Um homem desses não pode produzir arte”.
A razão faz o ser humano. O sentimento o conduz. Jean-Jacques Rousseau

Saiba mais →